Importância de manter o cartão de vacina em dia

É importante à compreensão de que a vacinação tem um papel preventivo de imunização em qualquer fase da vida, com objetivo de proteger o indivíduo de algumas doenças.

A maioria das pessoas tem muitas dúvidas sobre o assunto ou acredita que essa questão seja voltada somente para um público específico ou de risco, como é o caso das crianças, gestantes e idosos. Seguir rigorosamente o calendário vacinal e manter a carteira de vacinação atualizada é muito importante em todas as idades, não só para se proteger de doenças que são facilmente evitáveis, como Sarampo ou Rubéola, mas também para prevenir aquelas que são consideradas graves e podem levar a morte, como é o caso do Tétano e Meningite.

Na fase da adolescência é importante que seja verificado o cartão de vacina e observar se está completo, pois a maioria é realizada na infância e apenas reforçadas na adolescência. Já outras vacinas como a da febre amarela devem ser tomadas quando houver necessidade de viajar para determinadas regiões do Brasil ou do exterior.

De acordo com o Ministério da Saúde, a partir dos 20 anos, quando consideramos o calendário do adulto; então é necessária uma visita na unidade de saúde e levar o cartão de vacina para saber se há vacinas incompletas que precisem ser atualizadas, pois nessa faixa são oferecidas vacinas contra: sarampo, caxumba, rubéola, difteria, tétano e hepatite B.

Para idosos, é importante estar atentos às campanhas de vacinas bem como o seu cartão de vacina de rotina, pois é uma continuação durante toda a vida o esquema das doses e os reforços, como é o caso da vacina contra o tétano: que após três doses é preciso um reforço a cada dez anos por toda a vida.

Algumas campanhas e ações são feitas diariamente com o único objetivo de conscientizar a população, orientar e mostrar a real necessidade e importância de tomar as vacinas corretamente. Se pararmos para pensar, quanto maior o número de pessoas protegidas, menor é a chance de elas serem atingidas por doenças, e, portanto, menor a chance de ocorrerem epidemias. Além disso, com a prevenção, o número de pessoas hospitalizadas diminui e há uma drástica redução da mortalidade e nos gastos com medicamentos.

O Brasil é um dos países que apresenta o maior número de campanhas de vacinação. De acordo com um estudo realizado esse ano pelo Ministério da Saúde, atualmente o país possui mais de 36 mil salas de vacinação, que juntas aplicam uma média de 300 milhões de imunobiológicos, e ainda exporta doses para mais de 70 países. De acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), o Brasil é referência internacional no processo de produção de vacinas.

Texto adaptado de

https://sagresonline.com.br/opiniao/76756-qual-a-importancia-de-manter-a-carteira-de-vacinacao-atualizada

http://www.paraiba.com.br/2016/08/06/36413-profissionais-de-saude-explicam-importancia-da-atualizacao-do-cartao-de-vacina-na-vida-adulta

Publicado em 19/07/2018 15:17

EVENTOS

Veja mais...

IPSEMG IPSEMG - Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves - Rodovia Papa João Paulo II, nº4001 - bairro Serra Verde - 3º e 4º andares do prédio Gerais
Belo Horizonte/MG - CEP: 31630-901
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades, Política de privacidade  Telefones de contato