Agosto Laranja alerta para a esclerose múltipla

O Agosto Laranja chama a atenção para a importância do Dia Nacional de Conscientização sobre a Esclerose Múltipla. Lembrada no dia 30 deste mês, a data busca aumentar a visibilidade para os desafios enfrentados por quem tem a doença. Ainda sem cura, pode causar fadiga, perda de força, alterações na coordenação motora e de equilíbrio, distúrbios visuais e disfunções do intestino e da bexiga.

É uma das doenças neurológicas mais registradas em adultos jovens, com incidência entre 15 e 50 anos, conforme a Associação Brasileira de Esclerose Múltipla (Abem). O diagnóstico precisa ser feito por meio do histórico clínico detalhado, exames clínico e neurológico completos e confirmados por exames complementares.

A esclerose múltipla é provavelmente consequência de uma determinada combinação de fatores genéticos, ambientais e infecciosos, e possivelmente outros fatores, como problemas vasculares. Os estudos epidemiológicos da Esclerose Múltipla têm fornecido indícios para possíveis causas da doença. As várias teorias tentam relacionar os dados até agora conhecidos com explicações plausíveis, embora nenhuma seja ainda definitiva.

A EM é classificada segundo vários subtipos, ou padrões de progressão, que permitem prever a evolução da doença através da análise do padrão de progressão passado. São importantes não só para o prognóstico, mas também para decisões de terapêutica.

Em 1996 a National Multiple Sclerosis Society definiu quatro subtipos padrão de EM:

• Esclerose Múltipla Recidivante Remitente (EMRR);

• Esclerose Múltipla Secundária Progressiva (EMSP);

• Esclerose Múltipla Primária Progressiva (EMPP);

• Esclerose Múltipla Primária Recidivante (EMPR).

As principais linhas de investigação no tratamento de EM estão orientadas para pesquisa da patogenia e heterogenia da EM; para a procura de tratamentos mais cómodos, eficazes e toleráveis para a EMRR; para a criação de terapias para os subtipos progressivos; para estratégias de neuroproteção; e para a procura de tratamentos eficazes dos sintomas.

Publicado em 02/08/2018 18:12

EVENTOS

Veja mais...

IPSEMG IPSEMG - Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves - Rodovia Papa João Paulo II, nº4001 - bairro Serra Verde - 3º e 4º andares do prédio Gerais
Belo Horizonte/MG - CEP: 31630-901
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades, Política de privacidade  Telefones de contato