A importância da vitamina D

 

No dia 03 de maio, comemora-se o Dia do Sol, uma data voltada para a valorização dessa importante estrela.

A vitamina D é um hormônio esteroide lipossolúvel essencial para o corpo humano e uma fonte natural é a exposição aos raios solares. Ela também pode ser encontrada em alimentos como peixes, frutos do mar, óleo de fígado de bacalhau, gema de ovo e leite e derivados.

A importância da vitamina

A Vitamina D também é importante no combate à pressão arterial, segundo os pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, isso se dá porque a Vitamina D é a principal responsável pelo controle do enrijecimento das artérias que eleva a pressão nas mulheres. Com a falta da vitamina, o organismo feminino faz um esforço três vezes maior para manter seu equilíbrio circulatório e acaba sobrecarregando algumas funções como a irrigação das artérias, o que gera um aumento na pressão e desconfortos, como tontura e transpiração excessiva.

A deficiência do nutriente também está associada à depressão. Pesquisadores da Universidade Vrije, da Holanda, estudaram 1.282 pessoas entre 65 a 95 anos, das quais 169 sofriam de depressão leve. A taxa de vitamina D nas pessoas deprimidas era 14% menor que a observada nos demais idosos, segundo o trabalho. O endocrinologista da Unifesp, Pedro Saddi, explica que a falta de vitamina D aumenta o nível do hormônio da paratiróide, chamado PTH. "Esse hormônio tem uma ligação indireta com alterações no humor e apatia, que são sintomas associados à depressão", diz o médico.

Outro estudo, divulgado na publicação científica Archives of Internal Medicine, indica que pessoas com baixos índices de vitamina D parecem apresentar mais riscos de morrer. Diversas doenças foram apontadas como causadoras dos óbitos. Os autores da pesquisa sugerem que baixos níveis de Vitamina D estão associados à morte por causa de seu efeito na pressão sanguínea e na habilidade do organismo de responder à insulina. Eles também associam a deficiência da vitamina à obesidade e ao diabetes.

Quantidade necessária de vitamina D por dia varia de acordo com a idade

  • Crianças até 1 ano: 10 mcg;
  • Crianças maiores de 1 ano e adultos: 15 mcg;
  • Idosos com mais de 70 anos: 20 mcg;
  • Gestantes: 15 mcg.

Em geral, apenas a alimentação não é suficiente para suprir as necessidades diárias de vitamina D, e por isso é importante a exposição solar diária para se ter uma produção adequada dessa vitamina. A falta de vitamina D no organismo é identificada através de um exame de sangue chamado 25(OH)D, e o diagnóstico de deficiência é feito quando se tem resultados menores que 30 ng/ml.

Sintomas de deficiência em vitamina D

  • Diminuição do cálcio e do fósforo no sangue;
  • Dor e fraqueza muscular;
  • Enfraquecimento dos ossos;
  • Osteoporose nos idosos;
  • Raquitismo nas crianças;
  • Osteomalacia.


Fonte: https://www.minhavida.com.br/saude/materias/11252-beneficios-da-vitamina-d-controle-do-peso-e-protecao-contra-tumores e https://www.tuasaude.com/para-que-serve-a-vitamina-d/

Publicado em 06/05/2019 16:41

EVENTOS

Veja mais...

IPSEMG IPSEMG - Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves - Rodovia Papa João Paulo II, nº4001 - bairro Serra Verde - 3º e 4º andares do prédio Gerais
Belo Horizonte/MG - CEP: 31630-901
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades, Política de privacidade  Telefones de contato