Lesões e estomas

Tempo de renovação de conhecimentos para vários profissionais do HGIP. Nesta semana acontece, no auditório do Mezanino E, no HGIP, o V Simpósio de prevenção e tratamento de lesões e estomas promovido pela Comissão de Prevenção e Tratamento de Lesões (CPTLE) do Hospital Governador Israel Pinheiro (HGIP).

Segundo os organizadores, o simpósio é o momento para que os profissionais possam atualizar os conhecimentos por meio de troca de informações, principalmente para os médicos e enfermeiros que atuam diretamente na prevenção e tratamento das feridas. Como os palestrantes são todos especialistas nessa área, a expectativa é de que os participantes possam ter acesso e fazer a troca de experiências trazendo resultados significativos para os pacientes.

Os profissionais afirmam que o processo de prevenção e tratamento é transdisciplinar e que o simpósio está se tornando uma importante ferramenta para agregar as áreas envolvidas que buscam evitar que o paciente adquira uma lesão e também cuidar para que os resultados do tratamento sejam eficazes.

Nesta edição do simpósio participam profissionais que atuam em diversos setores do hospital tais como na sala de curativos que fica no Centro de Especialidades Médicas, no Serviço Médico de Urgência, no Centro de Tratamento Intensivo, segurança do paciente, Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, Central de Padronização de Materiais, na farmácia, na movimentação intra-hospitalar além de fonoaudiólogos e  nutricionistas que também ajudam na recuperação de diversos pacientes que adquirem feridas ou chegam com elas à internação.

Os temas das palestras também são variados para que ocorra uma cobertura ampla dos motivos causadores das lesões. Neste ano estão sendo discutidos o papel da enfermagem no cuidado de feridas crônicas, desbridamento enzimático de feridas, classificação, conceitos de feridas colonizadas, colonização crítica e infecção, orientações dos guidelines e consensos na prevenção de lesões, evidências científicas das terapêuticas das lesões cutâneas por piodema gangrenoso e epidermólise, consenso do uso da prata no tratamento de feridas, abordagem dos biofilmes, a importância da terapia nutricional na cicatrização de feridas crônicas, a utilização de coberturas oclusivas e influência na cicatrização de feridas excisionais em camundongos, manejo das ostomias fecais e urinárias e o manejo da incontinência fecal.

Publicado em 05/11/2019 11:28

EVENTOS

Veja mais...

IPSEMG IPSEMG - Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves - Rodovia Papa João Paulo II, nº4001 - bairro Serra Verde - 3º e 4º andares do prédio Gerais
Belo Horizonte/MG - CEP: 31630-901
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades, Política de privacidade  Telefones de contato